Direção, Dramaturgia, Iluminação ou Técnicas de Palco? Com as inscrições abertas para o Processo Seletivo da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco é chegada à hora de aproveitar mais esta oportunidade de estudar com grandes nomes do teatro nacional contemporâneo.

Para se inscrever é fácil. Basta ter mais de 18 anos, possuir ensino médio completo e decidir com qual área você mais se identifica. Depois disso, se dirija à secretaria da Escola até dia 08 de julho, de 2ª a 6ª feira, das 10h30 às 13h30 e das 14h30 às 17h30, para se candidatar às vagas de aprendiz. A taxa de inscrição é de R$ 35,00 (trinta e cinco reais) e deverá ser paga por meio de boleto bancário, a ser retirado no ato da inscrição.

São quatro vagas para Direção no período matutino; uma vaga de manhã e quatro à tarde para Dramaturgia; uma vaga matutina e três vespertinas para Iluminação e cinco vagas no período da manhã para o curso de Técnicas de Palco.

O horário do período matutino será das 9h às 13h, de terça a sexta-feira; já o período vespertino, das 14h30 às 18h30, também de terça a sexta-feira. Aos sábados, o curso será realizado, para ambas as turmas, das 9h às 18h, com intervalo de uma hora e meia.

Encenadores Críticos

Diretor e dramaturgo Rodolfo García Vázquez é coordenador do curso de Direção. Em 1989, fundou, juntamente com Ivam Cabral, a Cia. de Teatro Os Satyros. Recebeu os mais importantes prêmios do teatro brasileiro, como Shell, APCA e Qualidade Brasil. Dirigiu trabalhos em vários países europeus.

De 1997 a 2005, Vázquez foi diretor artístico do projeto Instant Acts, da instituição alemã Interkunst. Escreveu os textos “Transex”, “Kaspar ou a Triste História do Pequeno Rei do Infinito Arrancado de sua Casca de Noz” e “A Proposta”, entre outros. Do alemão, traduziu “Inocência”, de Dea Loher. Sua produção teatral é constante na cena paulistana, desde o início dos anos 2000. À frente de Os Satyros, teve atuação fundamental na revitalização da Praça Roosevelt, no centro de São Paulo.

O curso de Direção pretende formar novos encenadores com visão crítica e ampla sobre a sociedade e o fazer teatral. Diferentemente de grande parte das escolas de teatro do País, une as atividades práticas à formação teórica. Outro fator importante é a sintonia de seus aprendizes com a prática dos demais cursos da Escola, bem como a abordagem de possibilidades de linguagens e suportes diversos, como intervenções urbanas, formas animadas, palco italiano e teatro de rua.

Criadores Singulares

Coordenadora do curso de Dramaturgia, Marici Salomão é jornalista e dramaturga. Aperfeiçoou sua formação na área com Luís Alberto de Abreu (Núcleo dos Dez) e com Antunes Filho, como coordenadora do Círculo de Dramaturgia do Centro de Pesquisa Teatral (CPT – Sesc/SP).

Como jornalista, Marici colaborou nas áreas de teatro e literatura do Caderno 2 (O Estado de S. Paulo) e da revista Bravo!. Atualmente, é jurada do prêmio Shell de Teatro e coordenadora do Núcleo de Dramaturgia Sesi-British Council. Teve encenadas as peças “Atos de Violência”, “Impostura” (projeto “E se fez a Praça Roosevelt em 7 Dias”), “Bilhete”, “O Pelicano”, “Maria Quitéria” e “Retiro dos Sonhos” (premiada no Concurso Nacional de Textos Inéditos do Sesi – 1995).

O curso de Dramaturgia oferecido pela Escola visa despertar e potencializar vozes singulares. Uma de suas propostas principais é desenvolver outros modos de produção textual, como a criação coletiva e os processos colaborativos. Equilibra teoria, técnica e prática, incluindo conteúdos que compõem a base de criação para outras mídias, como o rádio, a televisão e a internet. Além disso, se dedica à formação teórica e prática sobre postulados mais recentes, como o dramaturgismo.

O Suporte Por Trás da Cena

Cenógrafo, figurinista e arquiteto especializado em espaços teatrais, J.C.Serroni é um dos mais respeitados e premiados profissionais do setor. Foi um dos coordenadores do Departamento de Cenografia da Rádio e TV Cultura e, por mais de uma década, coordenou o Núcleo de Cenografia do CPT – Centro de Pesquisas Teatrais do Sesc-SP.

J.C. Serroni publicou o livro “Teatros do Brasil”, e já trabalha em seu próximo livro, intitulado “História da Cenografia Brasileira”. Atualmente, é o coordenador geral do Espaço Cenográfico de São Paulo, um laboratório permanente de reflexão e pesquisa cenográfica. Em 11 anos de existência, formou cerca de 200 novos profissionais na área.

Para suprir uma grande carência no ramo teatral, o curso de Técnicas de Palco surgiu com o objetivo de capacitar profissionais que queiram trabalhar como cenotécnicos, aderecistas, maquinistas e diretores de cena. Além disso, o curso proporciona ao aprendiz uma ampla visão dos elementos que compõem um espetáculo, não se restringindo somente à parte instrumental de sua área. Mira-se o cidadão antes do profissional.

Artistas da Luz

Designer de iluminação desde 1988 e com intensa carreira internacional, Guilherme Bonfanti iniciou sua trajetória no espaço OFF. Trabalhou com dezenas de diretores, entre eles Márcio Aurélio, Gabriel Villela e Miguel Falabella. Colaborou, também, com diversos cenógrafos, incluindo nomes como Gringo Cardia, J.C. Serroni, Hélio Eichbauer e Marcos Pedroso. No campo da arquitetura, esteve ao lado de Isay Weinfeld e Paulo Mendes da Rocha, entre outros.

Ao lado de Antônio Araújo, Bonfanti fundou o Teatro da Vertigem, do qual é membro atuante, ganhando parte de seus inúmeros prêmios. Desenhou luz para óperas e ainda atuou em dança, com os principais coreógrafos do País. Tem, também, atuação destacada nas Bienais de São Paulo (artes visuais).

O curso de Iluminação propõe-se a formar técnicos com conhecimento mais abrangente, que vão além das especificidades da área. Pretende formar criadores autônomos, investigativos, críticos e que entendam o significado do trabalho em equipe. Um dos pilares é unir a tecnologia e o artesanal, ressaltando a criatividade do aprendiz. Dialoga com áreas importantes, como artes visuais, cinema e música. Ênfase no Experimento para educar o olhar do artista da luz.

SERVIÇO:
Processo seletivo da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco
Inscrições até dia 8/7 – 2ªa 6ª – das 10h30 às 13h30 | 14h30 às 17h30
Taxa: R$35 (via boleto bancário retirado no ato da inscrição)
Requisitos: ter mais de 18 anos e possuir o ensino médio completo
Local: SP Escola de Teatro – Av. Rangel Pestana, 2401 – Brás – São Paulo – SP
Telefone: 11 2292-7988 | 2292-8143
info@spescoladeteatro.org.br
www.spescoladeteatro.org.br

Fonte: Secretaria de Estado da Cultura

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *