de quando eu visitava meu tio , quando aqui era um presídio , e hoje vejo crianças , jovens e adultos , priorizando o esporte e lazer. Aonde existia dor e sofrimento, hoje existe a celebração da vida !

Ricardo Sonego, 36 anos, de São Paulo

Categorias: Eu me lembro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *