Entre notas musicais e construções históricas, cidade é opção a apenas 131 km da capital

Ares musicais e históricos formam a mistura que levam tantos turistas a Tatuí. A cidade, a 131 km da capital, é a conhecida como a “Capital da Música” graças ao Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos, uma das escolas mais tradicionais do Brasil, mantido pela Secretaria da Cultura do Governo de São Paulo. Criado em 1951, o conservatório funciona como centro de excelência de ensino de música, luteria e artes cênicas.

Atualmente, o local conta com estudantes de São Paulo, de outros 20 Estados brasileiros e de países da América Latina. São 47 cursos gratuitos e com duração média de seis anos. Na passagem por Tatuí, vale a pena conferir a agenda de shows das orquestras, bandas, big bands e grupos de música de câmara da escola – um boa mostra de cultura e uma ótima lembrança para se levar da cidade. Encontros, festivais, workshops, concertos, espetáculos de teatro, cursos intensivos, palestras e recitais fazem parte da agitada programação.

Agora, não só o “dó, ré, mi, fá” a cidade tem a oferecer. Ela também possui atrativos históricos e naturais. Um prédio, com as linhas dos anos 20, que já foi cadeia, fórum e, atualmente, é um belíssimo e recheado museu é uma das atrações. O prédio da Praça Manoel Guedes abriga desde 1962 a Casa de Cultura Paulo Setúbal e o Museu Histórico de Tatuí, voltado para a literatura, com ênfase na obra do autor tatuiano Setúbal.

O acervo do Museu Histórico é composto por objetos que pertenceram ao seu patrono, peças do cotidiano dos tropeiros, exemplares de arte-sacra, objetos da Revolução Constitucionalista de 1932 e acervo indígena. Estão lá também o fardão e o discurso de posse na Academia Brasileira de Letras de Setúbal.

Outros exemplares da história da cidade podem ser visto na Igreja Matriz Nossa Senhora da Imaculada Conceição e Capela de São João do Bemfica. Nos traços da religiosidade, pode-se descobrir as linhas históricas da cidade. A primeira construção, com porte e estilo de catedral, preserva detalhes arquitetônicos do século XIX. Já a Capela é marco inicial de Tatuí, onde foi realizada a primeira missa, em 11 de Agosto de 1926. O nome São João do Bemfica veio da expressão “São João bem fica aqui. E não lá!”, uma vez que alguns fiéis queriam levá-lo para Araçoiaba.

Além disso, em dezembro de 2007, a população de Tatuí ganhou um ótimo espaço para o lazer e educação, o Parque Municipal Ecológico Maria Tuca. Lá, o visitante encontra quadras de volêi de areia e futebol society, bosques para trilha e piscinas naturais.

Fonte: SP Notícias

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *