Até o momento, 1.230 estudantes já iniciaram as aulas; ainda há vagas disponíveis para cursos na capital, Grande São Paulo e interior. As inscrições podem ser feitas até sexta-feira (30/09)

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia – SDECT capacitará, até o final deste ano, 2.610 pessoas para o setor da construção civil, em 64 municípios paulistas. A ação é parte do Via Rápida Emprego, programa que oferece qualificação profissional gratuita, por meio de cursos de curta duração a desempregados, jovens carentes, idosos, portadores de deficiência e egressos do sistema penitenciário.

No Estado de São Paulo, mais de 1.200 inscritos no programa já iniciaram as capacitações; outros 570 estão sendo chamados e devem começar às aulas até o final de setembro. Além desses, há ainda 810 vagas disponíveis na capital e em mais 21 cidades da Grande São Paulo e interior. Entre os cursos disponíveis, com convocação prevista para o início de outubro, estão: Pintura e Texturização, Eletricista Instalador e Pedreiro.

“O aquecimento da economia tem gerado muitas oportunidades, principalmente, no setor da construção civil. Cada vez mais as empresas estão abrindo vagas formais, que exigem mão de obra qualificada. A proposta do Via Rápida é facilitar a inserção dos cidadãos que desejam atuar neste segmento”, explica o secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Paulo Alexandre Barbosa.

As aulas envolvem conhecimentos gerais e específicos. No curso de pedreiro, por exemplo, é possível aprender sobre a construção de fundações, estruturas de alvenaria, aplicação de revestimentos e contrapisos. Os cursos são realizados em Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs), por meio do Centro Paula Souza; ou em unidades do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Inscrições

Para participar é preciso ter idade mínima de 16 anos, ser alfabetizado e residir no Estado de SP. As inscrições devem ser realizadas somente pela internet, no site viarapida.sp.gov.br. Os documentos necessários são RG e CPF.

Os candidatos selecionados recebem material didático e subsídio de transporte no valor de R$ 120. Desempregados, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário, têm direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210 durante o curso. A seleção é feita pela SDECT, que utiliza critérios como idade, escolaridade, renda familiar, além de priorizar quem estiver desempregado ou for arrimo de família.

Mais opções de estudos

O Via Rápida Emprego também oferece capacitação nas áreas de comércio, indústria, prestação de serviços e agricultura. Há ainda opções de cursos específicos para pessoas com deficiência, alunos do último ano do Ensino Médio das escolas estaduais, presidiários em regime semiaberto e egressos do sistema penitenciário. O programa qualificará, até o final deste ano, 30 mil pessoas, em mais de 400 municípios paulistas. A lista com as modalidades oferecidas pode ser consultada pelo site do programa: www.viarapida.sp.gov.br

Fonte: Via Rápida

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *