Concerto gratuito no Sérgio Cardoso une Jazz Sinfônica, Fabiana Cozza, Célia e Virgínia Rosa para homenagear São Paulo

Teatro Sérgio Cardoso comemora os 458 anos de São Paulo com concerto que une a Jazz Sinfônica, Fabiana Cozza, Célia e Virgínia Rosa, na quarta-feira (25.01), às 21h. No repertório, obras de compositores paulistas de várias gerações, entre eles Adoniran Barbosa, Toquinho, Cyro Pereira, Nelson Ayres, Germano Mathias e Ideval Anselmo. O concerto, gratuito, tem regência de Fábio Prado. Os ingressos serão distribuídos a partir das 19h, na bilheteria do Teatro. A realização é do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, com coprodução da APAA – Associação Paulista dos Amigos da Arte e Instituto Pensarte.

No programa estão Saudosa Maloca, Tiro ao Álvaro e Trem das Onze, de Adoniran Barbosa; Prá que Mentir e Feitio de Oração, de Noel Rosa e Vadico e Regra Três, de Toquinho. Além de A Maloca e o Trem, de Cyro Pereira; Chiquinho no Frevo, de Nelson Ayres; Guarde a Sandália Dela, de Germano Mathias e Acima de Tudo Mulher, de Ideval Anselmo.

Fabiana Cozza – Com 14 anos de carreira, Fabiana Cozza é considerada por críticos e público uma das importantes intérpretes da música brasileira contemporânea. Estreou em 2004 com o cd O samba é meu dom, seguido por Quando o céu clarear (2007) e Fabiana Cozza (2011). Em 2009 ainda lançou o dvd Quando o céu clarear.

Célia – Começou a se interessar por música aos 13 anos e fez o primeiro LP em 1971. Em 2010, lançou O Lado Oculto das Canções, seu último cd. Foi finalista do Prêmio da Musica Brasileira, em 2011, na categoria melhor cantora de MPB, ao lado de Maria Bethânia e Roberta Sá.

Virgínia Rosa – Cantora com raízes fincadas na cultura popular, iniciou profissionalmente na banda Isca de Polícia, de Itamar Assumpção. Mais tarde, à frente da banda Mexe Com Tudo, com a qual excursionou pela Europa, consolidou sua carreira em São Paulo. Seu primeiro disco, Batuque, lançado em 1997.

Jazz Sinfônica – Desde sua criação em 1990, a Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo se propõe a dar um tratamento sinfônico à música popular brasileira e universal. Com uma formação singular, une a orquestra nos moldes eruditos a uma big-band de jazz. Cyro Pereira, fundador da orquestra, transpôs melodias populares de compositores como Luiz Gonzaga, Tom Jobim ou Pixinguinha para a grandiosidade do som sinfônico e criou o repertório fundamental da orquestra. Posteriormente, a Jazz formou uma equipe de orquestradores de excelência, que trabalham diariamente para a formação do repertório.

Jazz Sinfônica convida Fabiana Cozza, Célia e Virgínia Rosa
Realização: Governo de São Paulo
Regência: Fábio Prado
Local: Teatro Sérgio Cardoso
Endereço: Rua Rui Barbosa, 153, Bela Vista
Data: quarta-feira (25 .01), às 21h
Número de Lugares: 835
Duração: 90 minutos
Entrada gratuita, os ingressos serão distribuídos na bilheteria do teatro a partir das 19h

Fonte: Secretaria de Estado da Cultura

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *