Quem utiliza rotineiramente o metrô como meio de transporte tem notado que o movimento de usuários nos últimos dias tem sido mais tranquilo nessa época do ano

Com a chegada das férias de janeiro, o Metrô é um boa opção para que os paulistanos e visitantes possam conhecer os diversos pontos turísticos e de interesse da maior cidade do país e uma das maiores do mundo. Detalhe: muitos desses pontos podem ser acessados com a utilização de uma única passagem de metrô, que custa R$ 2,90. Outros locais mais distantes podem ser alcançados com a utilização de linhas de ônibus integradas ao sistema metroviário.

Quem utiliza rotineiramente o metrô como meio de transporte tem notado que o movimento de usuários nos últimos dias tem sido mais tranquilo nessa época do ano. De acordo com a área de Estudos e Estatísticas do Metrô, em janeiro, o movimento médio nos dias úteis é cerca de 7% menor que no mês de dezembro, o que significa uma redução de aproximadamente 250 mil pessoas. São estudantes e também pais que aproveitam as férias escolares dos filhos para deixar a cidade. O reflexo disso pode ser notado no trânsito das avenidas, nos centros comerciais e também no transporte coletivo, principalmente no metrô.

Com uma rede com 74,2 quilômetros de extensão e 64 estações, incluindo o trecho em funcionamento da Linha 4-Amarela (entre as estações Butantã e Luz, com 8,9 quilômetros e seis estações, operado e mantido pela concessionária ViaQuatro), o metrô paulista, que por si já é uma atração para muitos visitantes, é uma boa opção de acesso a muitos pontos turísticos e de interesse da metrópole.

Alguns desses pontos, como a Catedral da Sé, o Museu de Arte São Paulo (Masp), a Rua 25 de Março (maior centro de comércio popular), a Liberdade (o “bairro oriental”), podem ser alcançados diretamente pelo metrô. Outras atrações mais distantes, como o Jardim Zoológico (na zona sul) e o Parque do Carmo (na zona leste), podem ser acessados com a utilização de linhas de ônibus integradas ao metrô.

Por meio da Linha 1-Azul do Metrô (Jabaquara-Tucuruvi), o usuário tem acesso ao Centro de Exposições Imigrantes, Jardim Botânico, Centro Cultural São Paulo, Centro Cultural Banco do Brasil, Museu da Arte Sacra, Museu da Língua Portuguesa, Rua 25 de Março, Museu da Imigração Japonesa, Pinacoteca do Estado, Catedral da Sé, Sambódromo e Parque do Anhembi. Pela Linha 2-Verde (Vila Prudente-Vila Madalena), o visitante pode conhecer o Instituto Cultural Itaú, o Museu de Arte São Paulo(MASP), a Casa das Rosas, o Centro da Cultura Judaica (junto à estação Sumaré), o Museu do Ipiranga, o Aquário São Paulo e o Museu do Futebol, que fica anexo ao portão do Estádio do Pacaembu.

Com a Linha 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera-Palmeiras/Barra Funda), o usuário poderá conhecer o Memorial da América Latina, o Play Center, o Parque da Água Branca, o Parque do Carmo e o Memorial do Imigrante.

Na Linha 5-Lilás (Capão Redondo-Largo Treze), a atração é a estação Santo Amaro, primeira estação metroviária construída numa estrutura conhecida como ponte estaiada, sobre o rio Pinheiros. Essa estação faz integração física com a estação Santo Amaro da Linha 9-Esmeralda da CPTM (Osasco-Grajaú), que conta com uma ciclovia que percorre em paralelo o seu traçado.

Mais informações sobre pontos turísticos e de interesse próximos às estações do Metrô podem ser obtidas na Central de Informações do Metrô (tel. 0800 7707722) e no site www.metro.sp.gov.br

Além dessas opções de visitas, o Metrô conta com o Turismetrô, que é realizado em parceria com a São Paulo Turismo (SPTuris).

Esse programa de visitação a pontos turísticos e históricos ocorre nos finais de semana, aos sábados e domingos (às 9h00 e às 14h00) e conta com cinco roteiros, próximos do Metrô (Turismo na Sé, na Paulista, na região da Luz, Teatro Municipal/Largo São Francisco e o bairro da Liberdade). Os passeios partem sempre da estação Sé e são acompanhados por guias especializados.

Os interessados podem obter mais informações do Turismetrô no site: www.cidadedesaopaulo.com/turismetro

Fonte: Metrô.SP

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *