Mostras de arte, exposições científicas, atividades culturais, além de eventos lúdicos e educativos, estão na grade de programação da Universidade de São Paulo

Recesso escolar não significa que uma Universidade esteja parada ou fechada. Muitas atividades culturais são oferecidas na Universidade de São Paulo e não só para estudantes, mas também para adultos e crianças. Os museus e institutos da USP oferecem diversas atrações a baixo ou nenhum custo, de mostras de arte a exposições científicas, além de eventos lúdicos e educativos. Abaixo estão elencadas algumas das principais atividades que o público poderá visitar em Janeiro.

Museu Paulista

Aos domingos, ocorre o Teatro de Fantoches, para crianças entre 5 e 10 anos, e também a oficina Em busca do patrimônio, que estimula a descoberta das telas expostas no Museu de uma forma interativa. Ela pretende incentivar a compreensão do patrimônio natural e cultural do Brasil, além de motivar as crianças a perceber o Museu como um local para preservação da memória. Aos sábados, o Jogo da encomenda instigará o olhar crítico dos participantes para entender como e por que as telas foram produzidas.

O público surdo também poderá aproveitar as atrações de férias com as atividades em libras. Na atividade Desvendando o Museu Paulista, o público receberá imagens de objetos e terá que descobri-los no museu, o que estimulará a descoberta do espaço e a relação existente entre seus objetos e temas das exposições. Em Contar histórias com imagens, os visitantes serão levados a interpretar e entender as telas expostas, que trazem cenas ligadas à história do Brasil. As crianças serão convidadas a fazer desenhos em um jogo para brincar com imagens sem utilizar palavras.

O Museu já havia recebido grupos com deficiência auditiva, mas é a primeira vez que realiza atividades inteiramente dedicadas a esse público. “Estamos cumprindo a função social do museu em respeito à melhor forma que essas pessoas tem de se comunicar. É um compromisso de uma instituição pública: atender os diferentes perfis de maneira qualificada, para que todos possam se apropriar do conhecimento”, afirma a supervisora do Serviço de Atividades Educativas do MP, Denise Peixoto.

O MP fica no Parque da Independência, s/nº, São Paulo, e funciona de terça-feira a domingo, das 9 às 17 horas. As atividades são gratuitas, sendo cobrada apenas a entrada do Museu, que varia de gratuita a R$ 6,00, dependendo do dia e do público.

Museu de Arte Contemporânea

O Museu de Arte Contemporânea(MAC)oferece atualmente cinco exposições para o público geral. Três estão no Campus da Cidade Universitária e as outras duas no MAC Ibirapuera, antigo prédio do Detran, em frente ao Parque do Ibirapuera.

Na Cidade Universitária está “Fotográfos da Cena Contemporânea”, que reúne 63 fotografias de artistas nacionais e internacionais; Escultura Aventura, com 10 obras de artistas renomados como Umberto Boccioni e Luiz Hermano, além de um ateliê lúdico para usufruto dos visitantes; e Redes Alternativas, exposição que analisa semelhanças entre artistas latinoamericanos e do leste europeu que burlavam a censura dos governos ditatoriais.

Já no Ibirapuera as exposições são Modernismos no Brasil com 150 obras de artistas renomados da época, como Anita Malfatti e Tarsila do Amaral; e MAC em obras, que permite ao visitante acompanhar o processo de restauro de uma peça para a montagem da exposição.

A entrada é gratuita nos dois endereços e o horário de funcionamento é das 10 às 18 horas, de terça-feira a domingo, exceto nas terças e quintas-feiras no MAC da Cidade Universitária, que fecha às 20 horas. O MAC da Cidade Universitária fica na Praça do Relógio, 160 e o MAC Ibirapuera fica no Parque do Ibirapuera, Pavilhão Ciccillo Matarazzo, 3º piso.

Estação Ciência

Além das suas exposições permanentes, a Estação Ciência preparou outros dois roteiros para atender o público durante as férias escolares. O Mundo das Borboletas foi baseado num livro de um professor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP e mostra o nascimento e desenvolvimento do animal. Amor pela Vida, feita em parceria com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, tenta através do lazer demonstrar à população a importância dos cuidados com o coração.

Suas exposições permanentes incluem Estação natureza, explicando de forma lúdica, sensorial e interativa os ecossistemas brasileiros; Ciências Biológicas, com curadoria da Faculdade de Medicina (FMUSP) da USP, para ensinar anatomia do corpo humano; e Ciências Físicas com equipamentos interativos que ensinam óptica, mecânica e outros assuntos de maneira divertida, além do conhecido planetário. Ciências da Terra, Ciências Humanas, Ciências Matemáticas e Tecnologia compõem o restante das exposições.

A Estação Ciência fica na Av. Guaicurus, 1394, Lapa, São Paulo e funciona de terça a sexta-feira, das 8 às 18 horas, e aos sábados, domingos e feriados, das 9 às 18 horas. O local não abre de segunda-feira. A entrada varia de gratuita a R$ 4,00.

Outros museus e unidades

O público também pode visitar Museu de Geociências do Instituto de Geociências (IGC) da USP, que possui um grande acervo com 45 mil amostras de minerais, minérios, gemas, rochas, fósseis, espeleotemas e meteoritos. Ele fica na Rua do Lago, 562, Cidade Universitária, São Paulo, e está aberto de terça a sexta-feira das 8 às 17 horas, e aos sábados, domingos e feriados, das 10 às 16 horas. A entrada é gratuita, exceto para visitas organizadas de escolas, variando de R$ 1,00 a R$ 3,00 por aluno.

O Museu Oceanográfico do Instituto Oceanográfico (IO) da USP mantém uma exposição permanente com um acervo dividido em módulos, que evidenciam a dinâmica e a biodiversidade dos oceanos. É possível conhecer instrumentos utilizados para a coleta e observação oceanográfica; animais marinhos preservados (esqueleto de baleia e golfinho); paineis fotográficos e explicativos; além de diversos aquários que reproduzem setores do ecossistema marinho. O museu fica na Praça do Oceanográfico, 191, Cidade Universitária, São Paulo, e funciona de terça a sexta-feira, das 9 às 11h30 e das 12h30 às 16h30, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h30 às 15h30. A entrada é gratuita.

O Museu de Anatomia Veterinária (MAV) contém mais de mil peças em seu acervo e inaugurou recentemente a exposição Dimensões do Corpo: da anatomia à microscopia, indicado para todas as idades. O MAV fica na Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87, Cidade Universitária, São Paulo, dentro da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP e funciona de terça à sexta-feira, das 9 às 17 horas e aos sábados, das 9 às 14 horas. A entrada varia de gratuita a R$ 6,00.

O Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE) da USP encontra-se fechado para manutenção, mas fará uma atividade especial de férias gratuita que consiste em uma simulação de escavação arqueológica para crianças. Fora de seus domínios, o MAE firmou uma parceria com a ACAM Portinari e o Museu Índia Vanuíre preparando a exposição fotográfica itinerante Herald Schultz – olhar antropológico, que estará até 29 de fevereiro na cidade de Monte Alto, SP.

Até o dia 10 de fevereiro, de segunda a sexta-feira, das 10 às 16 horas, o Centro de Preservação Cultural (CPC) expõe a mostra Brincando com Arte. Ela faz parte da realização de exercícios de artes plásticas, associados ao ritmo da música clássica, desenvolvidos pelas crianças do Centro Educacional Dom Orione, do bairro Bela Vista, em São Paulo. O tema Viagem à Itália faz parte das comemorações do Momento Itália-Brasil 2011-2012. A entrada é gratuita. O CPC fica na Rua Major Diogo, 353, Bela Vista, São Paulo.

Fonte: Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *