Programa do Fundo Social de Solidariedade capacita e movimenta a economia

“Vamos transformar o Estado de São Paulo no maior Polo de Costura do Brasil”, afirma a presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado, Lu Alckmin. O caminho para atingir essa meta está cada vez mais delineado. A capital paulista já conta com três Escolas de Moda e a implantação dos Polos Regionais está acelerada, com a inauguração das unidades de Guararapes, Guzolândia, Quatá, Presidente Bernardes, Itapetininga e Conchas – este último inaugurado nesta quarta, 14. No total, serão 56 unidades: 28 em entidades assistenciais da capital e 28 no interior. O projeto movimenta a economia em municípios com até 100 mil habitantes (exceto na Região Metropolitana de São Paulo). “Após a implantação de todas as unidades, vou acompanhar as escolas de perto, visitando toda semana cidades participantes”, diz a primeira-dama.

O Fundo Social repassou aos municípios e entidades-sede um Kit Costura (com dez máquinas de costura, cadeiras, mesas, tábuas de passar e ferro), conteúdo didático, suporte e orientação das assistentes sociais e R$ 21 mil para adquirir insumos, que serão pagos em três parcelas durante um ano e meio. Esse repasse é exclusivamente para compra de fitas métricas, réguas, tesouras, agulhas, botões, linhas, colchetes e tecidos.

Os alunos que são do município-sede e estão desempregados, mas não contam com nenhum benefício como o seguro desemprego, recebem bolsa-auxílio no valor de R$ 210,00 da Secretaria Estadual de Emprego e Relações do Trabalho.

Fonte: SP Notícias

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *