A previsão é que a partir do segundo semestre carreta visite diversos municípios

Imagine ter aulas sobre o preparo de pães artesanais ao ar livre, em meio às árvores do Parque da Água Branca. Isso tem sido possível desde quinta-feira, 8, quando uma carreta, que funciona como sala de aula, passa a integrar o programa Padaria Artesanal, idealizado pela presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussesp), Lu Alckmin.

Agora, além do curso gratuito ministrado no Palácio dos Bandeirantes, é possível aprender por meio da unidade móvel, que foi doada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e ficará no Parque da Água Branca três vezes por semana.

“A ideia é que, no segundo semestre, a carreta percorra todo o Estado”, diz a primeira-dama. “A Padaria Artesanal é uma oportunidade de aprender sobre a produção de pães saborosos e de valor comercial, gerando renda para as pessoas.”

A procura tem sido tão grande que só há vagas em julho para a unidade do Palácio dos Bandeirantes, e, na carreta do Parque da Água Branca, em junho.

“A professora, muito atenciosa, nos ensina a buscar o pão de cada dia”, conta o aluno Wellington Machado dos Santos, que fez o curso em companhia da sogra, Eleni Santos da Silva. “Vou fazer pães para mimar meus amigos e parentes e pretendo divulgar o programa para os que querem montar seu próprio negócio”, acrescenta Wellington.

Os alunos aprendem técnicas no preparo de pães artesanais, noções de higiene e manipulação. Ao final, degustam os produtos. Todos recebem almoço, uniforme, material didático e certificado.
O Padaria Artesanal foi implantado pela primeira-dama em junho de 2001, com o objetivo de formar agentes multiplicadores. O Fundo Social recebe os equipamentos da iniciativa privada e os doa para entidades assistenciais e fundos municipais. Os kits são compostos por um forno inox, batedeira, liquidificador, balança, assadeiras de alumínio e botijão de gás.
O programa já capacitou, de março de 2011 a março de 2012, 1.863 pessoas.

Como participar

O modelo das aulas na unidade móvel será o mesmo da Padaria Artesanal do Palácio dos Bandeirantes. O curso tem duração de um dia, das 8h30 às 16h30. No período da manhã, são ensinadas noções de ética, higiene, cidadania e receitas de dez tipos de pães nutritivos e de alto valor comercial. À tarde, os alunos colocam a mão na massa.

Para participar, basta ter mais de 18 anos. O curso é ministrado às terças, quartas e quintas-feiras. São 20 vagas por dia. Todos os alunos recebem uniforme, alimentação, material didático e certificado de conclusão. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (11) 2193-8969.

Fonte: SP Notícias

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *