No tradicional bairro da Pompeia, na cidade de São Paulo, moradores estão insatisfeitos com as mudanças que vem ocorrendo no bairro. Ao longo dos anos, quem cresceu e sempre viveu ali acompanhou o processo de verticalização, com a construção de inúmeros prédios, e aspectos tradicionais do bairro sendo “escondidos” por trás do concreto. Para tentar diminuir os impactos na cultura do bairro, moradores se mobilizaram e criaram o projeto “Pompeia Que Se Quer”.

O projeto foi elaborado por meio do site Cidade Democrática, iniciativa que busca incentivar a participação ativa dos cidadãos na política e na sugestão de propostas de melhoria de suas comunidades. A ideia é que todas essas sugestões sejam discutidas primeiramente pela internet e tenham a maior divulgação possível. Criada em 2009 pelo Instituto Seva, entidade sem fins lucrativos, a ação é um incentivo a transformação da internet em uma ferramenta de exercício da cidadania.

Pompeia Que Se Quer é o primeiro Concurso de Ideias lançado pelo Cidade Democrática. O Concurso é basicamente, uma proposta lançada e limitada por uma temática e/ou um território. Em um período determinado, as pessoas podem entrar na página do concurso e propor ideias relacionadas ao tema e/ou território proposto. A melhor ideia é escolhida e premiada por um dos parceiros do concurso. Ao final, as propostas são compiladas em um documento apresentado aos governantes da cidade.

Financiamento coletivo

Nessa primeira experiência com Concursos, o Cidade Democrática pretende arrecadar por meio de financiamento coletivo, no site Catarse , uma quantia para viabilizar as etapas previstas desse projeto, que está a dois dias de sua finalização. Serão realizadas oficinas, eventos no bairro e o mais importante, o diálogo com os governantes da cidade, para que as reivindicações dos moradores de Pompeia sejam colocadas em pauta na prefeitura. “O financiamento coletivo foi um meio de tornar conhecido o projeto e fazer com que toda a comunidade possa se envolver e querer participar”, afirmou Rodrigo Bandeira, relações publicas do projeto.

Pompeia Que se Quer é apenas uma das propostas em discussão do Cidade Democrática. No site do projeto existem centenas de problemas levantados por moradores de diferentes cidades do país. Cada um deles levanta um problema ou sugere uma solução para aquilo que o incomoda na cidade. No site, ele tem um espaço para divulgar a sua ideia e buscar apoio em sua comunidade. Essa rede de apoiadores fará com que a sua ideia se potencialize e se aprimore. Quanto mais apoio, mais poder de mobilização a ideia terá junto aos políticos da cidade.

O universo online se tornou um ambiente propício para a interação e conhecimento de iniciativas como essa. Uma maneira de utilizar a rede para um bem comum e de construção coletiva. “O Cidade Democrática é uma forma de construir colaborativamente soluções para o espaço público que nos une a todos. Um meio de fazer acontecer”, diz Rodrigo.

Rede de Projetos

No Programa Acessa São Paulo, a Rede de Projetos é a ferramenta de participação e mobilização social, por meio de um conjunto de ações realizadas no posto que visam a melhoria de comunidade através da inclusão digital. Assim como o Cidade Democrática, a Rede se utiliza de uma ferramenta online de documentação e troca de experiências dos projetos. Qualquer pessoa pode participar e fazer o posto Acessa em um ambiente de transformação social. Conheça mais sobre a Rede de Projetos.

 

 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *