Durante o primeiro dia de Campus Party, os monitores escolhidos para participar do evento receberam em primeira mão os novos uniformes do Acessa São Paulo, que contém na nova identidade visual, apresentada no Encontro Estadual de monitores no anos passado. A Campus Party acontece no Centro de Exposições Anhembi – São Paulo, entre os dias 28 de janeiro a 03 de fevereiro.

Monitores com o novo uniforme do Programa Acessa São Paulo

Os monitores também puderam se  instalar em suas barracas e fizeram todo o reconhecimento dos espaços e recursos disponíveis, deste que é um dos maiores eventos de tecnologia do mundo. Cada um deles terá um blog no site da Rede de Projetos, destinado a documentar e compartilhar tudo de mais interessante eles viram durante a Campus Party.

Os blogs já estão sendo atualizados. Assim como o dá Lygia Bovo, da cidade de Silvânia, que conta que pequenas diferenças não importam na Campus, e  mostra com muita empolgação e vontade de adquirir conhecimento. “Acredito que eu possa ter tido uma visão um pouco diferente de tudo o que estamos vendo aqui. Com 57 anos de idade, ‘um pouco’ mais velha que a grande maioria, estou vivendo algo pela primeira vez, incrível não?” afirma. Como educadora, a monitora se diz surpresa ver tantos jovens brilhantes, direcionando a tecnologia que eles dominam perfeitamente  para as mais diversas ramificações.  Assim como Lygia, outros monitores nunca participaram da Campus Party. Aqui, como afirmou a monitora, é uma oportunidade de conhecer diferentes segmentos da tecnologia e ter contato com pessoas que podem ser possíveis parceiras em projetos em suas cidades.

Logo na manhã desta terça-feira (29), Elizangela Aparecida de Souza, da cidade da Marabá Paulista,  já estava conferindo as atividades de Empreendedorismo do Sebrae. Temática essa, que se enquadra nas iniciativas realizadas na Rede de Projetos. Ações feitas de forma espontânea pelos monitores, que apresentam desdobramentos benéficos em suas cidades e que podem crescer ainda mais com uma visão empreendedora. “Hoje vemos o Empreendedorismo de várias formas. Uma delas é utilizar a internet como fonte de pesquisas. Os ventos nunca estiveram tão favoráveis para abrir seu negócio e revolucionar o mercado. Então você que tem sua ideia? Que tal coloca-lá no papel e pensar em desenvolver?” convida Elizangela.

Além dos textos produzidos, Alexandre (Itú), Deizimar (Quintana), Eduardo(Itirapina), Edil (Riberão Grande), Elaine (Tambaú), Evelin (Mirante Itesp/ Haroldina), Francisco (Ituverava), Chiquim (Colômbia), Giselda (Bom Prato São Vicente), Leonardo(Ouroeste), Lucas (Assentamento Esmeralda), Nelson (Macatuba), Rosana (Agudos), Silmara (Queiroz) e Viviam (CIC Leste) produziram fotos e compartilharam sem suas redes sociais tudo o que vem aprendendo. Acompanhei essa cobertura, que promete visões direntes da Campus Party

Compartilhe!
Tagged with: