O arquivo público do estado de São Paulo é responsável por guardar um pouco da nossa história, por preservá-la num rico acerco cuja porção permanente soma quase 10km lineares, 16km de documentação intermediária, que corresponde à arquivos administrativos, e um diagnóstico do Departamento de Gestão do Sistema de Arquivos do Estado de São Paulo aponta que há cerca de 900km de documentos ao redor de todo território estadual.

> Curta a página do AcessaSP no Facebook

> Siga do AcessaSP no Twitter

Essa história também é sua e você pode acessar boa parte dela via internet. O acervo digitalizado inclui textos e manuscritos, fotos, filmes, periódicos, mapas e livros. Através dele é possível acessar 432 das Cartas da Revolução de 1924; 6 livros de controle das autoridades do Departamento Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo (DEOPS/SP), produzidos entre os anos de 1971 e 1979, durante a Ditadura Miliar; inúmeras galerias com fotos que ilustram a imigração no estado; mapas do estado produzidos entre a segunda metade do século XIX e o início da segunda metade do século XX; e muitas, muitas outras coisas, afinal, já são mais de 400 mil imagens de documentos digitalizados e disponíveis para consulta.

O Arquivo Público proporciona a todo cidadão entrar em contato com a própria história, apenas em registros imagéticos físicos, são 1,5 milhão de cópias entre fotografias, positivos, negativos, mapas, ilustrações e caricaturas, incluindo também a preservação da memória jornalística, a exemplo do Última Hora, que circulou entre 1951 e 1971, e dos 32 mil exemplares de revistas de 1.200 diferentes títulos.

O mais antigo documento do Arquivo data de 1578 e trata-se do inventário do sapateiro Damião Simões. Você pode encontrar este e outros documentos através do Guia do Acervo, sua mais abrangente ferramenta de pesquisa, criada para democratizar o acesso ao acervo. O Guia está dividido em 54 conjuntos de arquivos privados e 62 públicos. Você pode consultar aquele que te interessar via internet, ter acesso aos dados biográficos, estado de conservação, saber da procedência do documento e muitas outras informações, além, claro, do código de referência, para poder acessá-lo fisicamente caso deseje.

Visite o Arquivo e conheça melhor a história do seu estado, que também é sua. Ele funciona de segunda a sexta-feira e um sábado por mês, das 9 às 17 horas, exceto feriados, e está localizado na Rua Voluntários da Pátria, 596, próximo à estação Tietê do metrô. Lembrando que o acesso ao acervo iconográfico e cartográfico é feito somente através de agendamento prévio.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *