Unidade, que fica no Parque da Juventude, tem 85 máquinas, sala de estudos, oficinas e Acessinha
O Acessa São Paulo, programa de inclusão digital gerenciado pela Secretaria de Gestão Pública do Estado, comemora uma importante marca. No final de maio, o posto localizado no Parque da Juventude, zona Norte de São Paulo, atingiu e ultrapassou 1 milhão de acessos.

Posto registra mais de 600 acessos diários, maioria efetuados por usuários na faixa dos 30 anos

O programa foi implantado no local em 2007, com a construção do parque no espaço onde funcionava o Complexo Penitenciário do Carandiru. “Foi uma forma do Governo de São Paulo livrar o local do estigma de violência e estimular a cultura e o lazer”, comenta o gerente do programa, Emilio Bizon Neto.

No prédio, o Acessa SP ganhou um andar inteiro para oferecer acessibilidade gratuita à internet, incentivando a inclusão digital.

Estrutura e atendimentos

Ao todo, são 85 máquinas disponíveis aos usuários. Todas possuem o chamado 4.0 – software adaptado para deficientes visuais.

Além da sala principal, o espaço inclui:

- Acessinha (ambiente com estrutura e decoração lúdica que incentiva o aprendizado e a imaginação de pequenos usuários entre 4 a 10 anos);

- Sala de Estudos (local destinado ao reforço do aprendizado, proporcionando desenvolvimento intelectual e social do aluno);

- Oficinas periódicas (com opções de cursos gratuitos ao cidadão, entre eles, InfoNet, FAQ – Perguntas e Dúvidas frequentes, Montagem e manutenção de computadores, Escritório digital, Blender modelagem 3D, Artes gráficas, Pixel e arte, Stencil arte, Práticas em inglês e Libras básico.

Público mais velho tem preferência por oficinas e minicursos

A média é de 600 a 700 acessos diários, sendo a maioria deles de usuários na faixa dos 30 anos. O público mais idoso tem preferência pelas oficinas e minicursos oferecidos.

Um dado interessante sobre os usuários são os moradores de rua, que se utilizam do local para entretenimento por meio dos jogos virtuais e interação com familiares e amigos, através das redes sociais.

“Profissionais autônomos também procuram pelo Acessa e usam da estrutura física como uma extensão ou o seu próprio ambiente de trabalho. Muitos, ainda, em busca de novas oportunidades profissionais nos procuram para a elaboração de seus currículos” explica a coordenadora Ana Carolina Martins, integrante da equipe do Acessa SP/Parque da Juventude, com cerca de 20 pessoas.O secretário de Gestão Pública, Davi Zaia, parabeniza o maior posto Acessa SP do estado. “Alcançar 1 milhão de acessos é uma ótima notícia e demonstra que estamos no caminho certo. O objetivo é fazer com que cada vez mais pessoas tenham acesso ao mundo digital. Para isso, o programa tem se reinventado e oferece inúmeras possibilidades que estimulam o desenvolvimento social do cidadão”, destaca o secretário.

Serviço: Acessa SP do Parque da Juventude fica na Av. Cruzeiro do Sul, 2.630 – Carandiru. Atendimento de segunda a sexta, das 8h às 19h.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *