Mais de 30 monitores do Programa Acessa SP participaram de mais uma capacitação do programa. O encontro – o sexto deste ano – foi na Sala Parangolé, no Parque da Juventude, em São Paulo.

“A programação faz parte das tradicionais capacitações, que ocorrem mensalmente, e tem o  objetivo de treinar os monitores para que orientem da maneira correta os usuários no uso de todos os serviços oferecidos”, explica Adilson Virno, coordenador do Acessa SP na Escola do Futuro da USP e responsável pelas capacitações.

Um dos assuntos em pauta foi a Rede de Projetos, espaço destinado para a interação dos monitores e a troca de informações, através do envio de histórias e acontecimentos que marcam o dia a dia de um posto. A ferramenta possibilita um intercâmbio de ideias entre monitores, equipe de gestão e parceiros do programa. “É uma forma de atrair novos usuários e prender a atenção dos já existentes, que se orgulham ao verem suas histórias publicadas na web e acessível em qualquer lugar com acesso à rede”, explica o coordenador.

A monitora Elisangela Pereira, do Posto de Ipuã, conta que está há sete anos no Programa e afirma que as capacitações são fundamentais para que os serviços oferecidos sejam de fato bem divulgados e utilizados. “Sempre há algo novo para aprendermos e colocarmos em prática. É a segunda capacitação de que participo e volto motivada para a aplicação de novos trabalhos dentro do posto”, diz Lysa.

Atenta e participativa, Lysa sempre troca dicas e repassa eventos e atividades ao grupo através das redes sociais. Sobre a Rede de Projetos, a monitora destaca que a ferramenta fortaleceu o programa. “Diversas ideias e experiências de sucesso compartilhadas através da Rede de Projetos foram replicadas em outras unidades e passaram a beneficiar mais usuários”, diz Lysa.

No ano passado, a monitora compartilhou a experiência de um projeto de sucesso – sobre a retirada da primeira via do RG – para 48 crianças da cidade. “Foi um caso de sucesso que gerou bons resultados. Neste ano, queremos beneficiar as gestantes através de uma parceria com o Cras (Centro de Referência e Assistência Social) do nosso município, permitindo uma maior conscientização e preparo para o parto”, explica.

A próxima capacitação do programa está prevista para a última semana do mês. “Os monitores podem aguardar as muitas novidades que estão por vir e serão apresentadas no  próximo encontro”, orienta Adílson Virno.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *