O Acessa SP  selecionou 25 monitores para participar da Campus Party 2014,  o maior evento de tecnologia do país.

Monitores reunidos no palco principal da Campus Party

Alexandre Henrique Sebastião Nunes é responsável institucional pelos postos de Itu, na região de Sorocaba e também está no local.

Ele participa pela quarta vez do evento e está há 48 horas sem dormir. Além de palestras sobre variados temas — como o fim da propriedade intelectual, espionagens, redes sociais e manifestações —, o fanático pela saga cinematográfica Star Wars, incluiu em sua agenda de campuseiro a participação nas sessões cinema e na disputa entre Star Wars e Star Trek.

“O cinema aguça a nossa criatividade, nos motiva e inspira”, diz.

Jogos e combates de sagas cinematográficas prendem a atenção do público

Nem o sono e o calor tiram o ânimo do monitor. Logo pela manhã Alexandre participou do workshop Hands On, com o comunicador Léo Lopes, da Rádio Fobia, uma das atrações mais interessantes em sua opinião. “Aprendi na prática técnicas para a edição de som para podcasts, além de inserção de vinhetas, efeitos sonoros, equalização de som, entre outros”.

Alexandre se ateve também aos exemplos de inclusão e acessibilidade, sobretudo àqueles trazidos pelos responsáveis pela edição do programa Papo Acessível, bastante conhecido no mundo. “Os três editores do programa são deficientes visuais. Vejo o resultado do trabalho deles como exemplos de força e superação associados à inclusão digital e acessibilidade, exatamente o que propõe a Campus Party e o Acessa SP”, conta.

Multiplicação de ideias

Fernando Coutinho Vieira, analista de sistemas e monitor do Acessa SP de Garça, pegou carona com a caravana de Bauru. “É a quinta vez que participo. Neste ano o evento está mais organizado nos quesitos espaço e conteúdos”, explica.

Para o monitor, a troca de experiências ajuda a multiplicar ideias. “Todo dia aqui dentro é um aprendizado. Trabalho com desenvolvimento e programação de software livre e aqui é o ponto de encontro de toda a comunidade da área. É uma experiência única e que vai totalmente ao encontro do proposto pelo Acessa SP”, destaca o monitor.

Sessão cinema à meia noite mantém campuseiros acordados

A monitora e projetista Ângela de Lima Santos, de Capão Bonito participa pela primeira vez. “É a primeira vez que participo de um evento deste nível. É maravilhoso e inovador”, comenta.

Com a experiência destes cinco dias, Ângela, que já tem três projetos inscritos na Rede de Projetos do Programa, pretende colocar mais duas ideias em prática – uma na área de educação e outra na área social.

Campus Party

O encontro segue até domingo, 2 de fevereiro, na arena do Parque Anhembi, na capital paulista. Neste ano, o evento registra a presença de oito mil campuseiros, além dos milhares de visitantes.

Monitores do Acessa SP participam de workshops, oficinas, palestras e games

 

A Campus Party foi criada há 16 anos na Espanha, e atrai geeks, nerds, empreendedores, gammers, cientistas e diversos profissionais ligados à tecnologia. O evento tem como temas principais Inovação, Ciência, Cultura e Entretenimento Digital.

No Brasil, a Campus Party é realizada há sete anos. São cinco dias de 24 horas de atividades programadas o que faz do evento o maior ponto de encontro das mais importantes comunidades digitais do País.

Serviço:

Para saber mais sobre a Campus Party, acesse.    O Anhembi Parque fica na Avenida Olavo Fontoura, nº 1.209, Santana – Capital.

Para acompanhar o dia a dia dos campuseiros do Acessa SP, acesse a Rede de Projetos do Programa.

 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *