A classificação de projetos para a segunda etapa do Prêmio Mario Covas foi divulgada nesta segunda-feira, 07 de setembro. Seis dos classificados na Categoria Inovação em Gestão Municipal são monitores/projetistas do Acessa SP, através da Rede de Projetos, iniciativa que incentiva usuários e monitores a aproveitarem a infraestrutura dos Postos para os mais variados tipos de projetos, contribuindo para o desenvolvimento social, cultural, intelectual e econômico das comunidades onde estão inseridos.

premio_mario_covas

Dentre os projetistas classificados estão a monitora Marcia Sanches, de Cravinhos, que desenvolve o projeto “Prestação de serviços à comunidade”; o monitor Edil Queiroz de Araújo, de Ribeirão Grande, classificado com o projeto “RGM Redescobrindo o gosto por mapas”; o monitor Nelson José Barbosa, de Macatuba, com o projeto “Mulheres online”; a monitora Janaína Lima, do posto Rechã Rural de Itapetininga, autora do projeto “Horta Orgânica”; a monitora Patrícia dos Santos Giaculi, de Guaíra, responsável pelo projeto “Inclusão digital para pessoa com deficiência”; e a monitora Fabrícia de Oliveira, de Bariri, classificada com o projeto “É jogando que se aprende”.

Entre os projetos que concorrem ao prêmio estão ações de estímulo à responsabilidade social, à educação, à inclusão, à saúde, ao esporte e ao lazer, à geração de emprego e renda e à prática da sustentabilidade e dos cuidados com o meio ambiente. Os projetos classificados na categoria Gestão Municipal, representam 36 municípios paulistas.

Avaliação      

A avaliação se dará em três etapas. A primeira delas teve caráter classificatório. Nesta fase, os avaliadores verificaram a elegibilidade das iniciativas inscritas, conforme regulamento do Prêmio.

Para a segunda etapa, as seis iniciativas da Rede de Projetos serão avaliadas ao lado de outros 38 projetos classificados. Neste momento, bancas avaliadoras, constituídas de especialistas na área de Administração Pública, analisarão os Relatórios Descritivos das equipes candidatas. Nesta fase serão considerados pontos fortes, pontos de verificação, pontos de melhoria e será dada pontuação individual com base nos critérios de avaliação. Na sequência, as bancas realizarão uma reunião de consenso para discutir comentários e pontuações individuais e definirão a pontuação de consenso de cada iniciativa candidata e selecionarão as finalistas, que serão convocadas para uma apresentação oral dos pontos de verificação apontados pelas Bancas Avaliadoras.

Esta etapa classificará 10 (dez) iniciativas finalistas para cada uma das áreas temáticas, de acordo com o melhor desempenho na pontuação de consenso. A lista de finalistas será divulgada no “site” do Prêmio Mario Covas.

Na  terceira e última etapa, as bancas julgadoras, constituídas por especialistas de diversas áreas, receberão o Relatório Descritivo e de Avaliação das equipes finalistas para proceder à análise crítica e validação das avaliações. Em seguida, se reunirão para ouvir os depoimentos dos finalistas, confirmar informações, esclarecer dúvidas e, ao término desta etapa, deliberar sobre as iniciativas premiadas e possíveis menções honrosas.

Premiação

As iniciativas vencedoras receberão troféu, certificados individuais de premiação, cursos de capacitação e/ou visitas técnicas, a serem definidos pelo Comitê Gestor.

Finalistas e ações vencedoras serão reconhecidas e divulgadas na cerimônia de premiação que terá data, local e horário divulgados no site e comunicados individualmente às equipes participantes.

Saiba mais aqui.

Sobre o Prêmio Mario Covas

O Prêmio Mario Covas tem o objetivo de reconhecer ações inovadoras que introduzam ou aprimorem uma prática de modo a gerar melhorias nos processos organizacionais, ou na prestação de serviços públicos, ou, ainda, em uma política pública. Também se espera das iniciativas premiadas que sejam passíveis de difusão a novos contextos e por novos atores sociais e que gerem consequências efetivas ao servidor público, ou ao usuário de um determinado serviço público ou aos cidadãos de maneira geral.

premio_mario_covas

Ao longo dos anos, o Prêmio foi sendo adaptado e suas categorias revistas para acompanhar a realidade da Administração Pública e os desafios postos aos gestores do Estado e dos municípios de São Paulo. Em sua 11ª edição, o Prêmio conta com duas categorias: Inovação em Gestão Estadual e Inovação em Gestão Municipal. Cada categoria tem três áreas temáticas: processos organizacionais; serviços públicos e políticas públicas.

Mais: Prêmio Mario Covas

Serviço:

Rede de Projetos

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *