Construção de uma minicisterna caseira é capaz de reduzir em até 50% o volume da água consumida em residências

A escassez da água é um problema ambiental que tende a ficar cada vez mais grave caso novas medidas não sejam adotas. Rever a utilização dos recursos hídricos passou a ser obrigação de todos, e para ajudar a população a entender o problema e adotar novos hábitos de consumo, o Acessa SP lançou o minicurso “Como captar e usar a Água da chuva”. O curso é gratuito e pode ser feito online.água_chuva

O tema aborda a responsabilidade ambiental e ajuda o leitor a ter consciência e adotar novas técnicas de aproveitamento da água. O objetivo é poupar ao máximo a água potável e com isso, amenizar o problema.

O novo minicurso ensina o passo-a-passo da montagem de uma minicisterna doméstica. A técnica, já adotada por outros países como Alemanha, Japão e Austrália, mantêm programas consistentes para a captação e o reaproveitamento da água. O minicurso demonstra como captar a água da chuva, tratá-la e armazená-la.

O acesso ao conteúdo pode ser feito por meio de um dispositivo com acesso à internet, basta o interessado acessar a home minicursos do portal do programa, se cadastrar e na sequência criar login e senha. Além deste, outros 33 minicursos estão à disposição do participante, entre eles, “Como cuidar da água“, lançado recentemente, “Dicas para uma vida sustentável“, “Como fazer uma horta“, “Como fazer seu tempo render“, entre outros.

“Como captar e usar a água da chuva”

O minicurso “Como captar e usar a água da chuva” oferece ao participante entendimento para o problema enfrentado. Para isso, o minicurso projeta cinco lições: “Por que captar a água da chuva?”, “Como preparar a sua casa?”, “Construindo uma minicisterna – Parte I”, “Construindo uma minicisterna – Parte II” e “Cuidados com o armazenamento”.

Todas as informações do minicurso são demonstradas por meio de vídeos explicativos, ilustrações e links de páginas externas. Ao término de cada lição, o minicurso oferece um Saiba Mais com dicas úteis, uma Lição de Casa e um teste de conhecimentos. No final do conteúdo, o participante tem a possibilidade de avaliar o curso através de nota, opinião, recomendação e sugestão de melhoria.

“O aproveitamento da água de chuva é uma iniciativa simples e inteligente adotada como política publica em várias cidades do mundo, mesmo naqueles em que a crise hídrica não está tão pronunciada. A prática deve se tornar obrigatória para reduzir a pressão sobre os mananciais de água potável”, diz o especialista em reutilização e gestão de água, Guilherme Castagna.

Como fazer minha parte?   

Segundo Castagna, a redução do consumo é estritamente necessária, mas é preciso estar atento para outros fatores. “Também é preciso verificar a ocorrência de vazamentos, ter iniciativas simples de reúso como, por exemplo,  coletar a água do banho para dar descarga, coletar água da pia para regar plantas, coletar água da máquina de lavar para limpeza de pisos, e ainda, compartilhar os aprendizados e experiências com vizinhos, amigos e parentes”, diz o especialista.

Segundo o IPT – Instituto de Pesquisa Tecnológica, o reaproveitamento da água gera uma economia de cerca de 18% no consumo de casas e apartamentos. O movimento Cisterna Já, diz que tal medida adotada é capaz de reduzir em até 50% o consumo de água tratada por residência.

Para aqueles que não tem tempo ou habilidade para construir uma cisterna em casa, o minicurso coloca à disposição uma lista de especialistas que trabalham na construção de sistemas de captação.

Minicursos

Os minicursos são disponibilizados desde 2002 e já possuem mais de 130 mil usuários cadastrados. O objetivo é incentivar a educação à distância com temas aplicáveis no dia a dia.

As aulas são divididas em três ou cinco lições e para facilitar a fixação do aprendizado, um questionário com até cinco perguntas é respondido ao término de cada atividade. Os conteúdos incluem áudios, imagens, ilustrações, lições, testes e links externos. Além de facilitar o conhecimento, os minicursos despertam o interesse pelo tema, de modo que o usuário busque futuramente aprofundar seu aprendizado.  A melhor parte é que todos os minicursos do Acessa SP são certificados pela Escola do Futuro da USP, parceira institucional do Programa e responsável por todo o conteúdo do portal.

Para o cidadão que ficou interessado, mas não possui acesso à internet, ou tem dificuldade para manusear um computador, o Acessa SP coloca a disposição 851 postos no Estado, sendo que em cada um deles há ao menos um monitor capacitado e pronto para ajudar.

EADs

Além dos minicursos, o programa é responsável ainda, por outros EADs (Educação à Distância), entre as opções estão as disponíveis por meio de parcerias com o Sebrae-SP e o Banco do Povo Paulista, que somadas, chegam a mais de 50 tipos. Entre os EADs oferecidos gratuitamente estão os de empreendedorismo, finanças, marketing, recursos humanos e gestão estratégica. Para ampliar as competências funcionais e comportamentais dos monitores do Acessa SP são oferecidos módulos específicos para a Formação Continuada.

Serviço:

Minicursos Acessa SP

por Andresa Gouvêa

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *