Um aplicativo para ajudar os jovens na difícil tarefa de escolher a profissão foi desenvolvido por alunos dos cursos de engenharia da computação e psicologia da Universidade Positivo (UP). Eles fizeram uma pesquisa com 5 mil estudantes do ensino médio e detectaram que mais de 30% dos entrevistados ainda não tinham decidido para qual curso vão se inscrever nos vestibulares do final do ano. O estudo comprovou uma realidade recorrente: 20% dos matriculados e cursos superiores abandonam o curso nos dois primeiros anos da faculdade.

O aplicativo, chamado Vocação UP, foi apresentado na Mostra de Profissões da universidade. Disponível em IOS e Android para baixar gratuitamente, a ferramenta descreve 36 situações vivenciadas em profissões e pergunta ao usuário com quais ele mais se identifica. O resultado mostra a área do conhecimento com a qual o estudante tem afinidade e os cursos superiores que se encaixam nessas áreas.

Para o psicólogo Ivo Carraro, orientador educacional do Curso Positivo e autor do livro Profissões: pais preocupados, filhos inseguros, a receita para a escolha da profissão não é tão simples como dividir as opções entre exatas, humanas e biológicas e escolher um dos cursos. “Esse é um bom começo, mas não é tudo”, ressalta.

Carrarro ressalta que é importante o jovem conhecer a diversidade de carreiras que o mercado oferece e identificar quais atividades mais lhe agradam: “Para ser um profissional bem-sucedido, é preciso gostar da profissão”. Por isso, ele aconselha que o candidato vivencie o dia a dia das carreiras. “Entre dois caminhos a seguir, o cérebro prefere o mais prazeroso. E vai apontar qual o seu caminho”, diz. (Com assessoria de imprensa)

Trilhas AcessaSP

As Trilhas do Conhecimento  do AcessaSP trazem informações sobre testes vocacionais, inclusive online, com auxílio de psicólogos e profissionais especializados em emprego e carreira; dicas sobre profissões e o mercado de trabalho; recomendações para quem quer continuar os estudos e precisa trabalhar; além de relacionar cursos livres e técnicos, todos gratuitos.

Clique aqui e conheça.

Categorias: Notícias

Robson Leandro

Trabalha na Escola do Futuro da USP desde julho de 2006. Até maio de 2013 esteve no projeto Acessa SP passando pela Rede de Projetos, Formação (Programa de Capacitação Continuada) e pela coordenação do projeto. De 2013 até 2014 coordenou o ecossistema web da coordenadoria de juventude do estado de São Paulo. Retornou ao projeto Acessa SP em abril de 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *