Porta dos Fundos, Omelete, Jovem Nerd, Kéfera, são referências de empreendedorismo por meio do YouTube. A partir desses casos de sucesso, muitas pessoas acham que é só criar um canal na rede e conquistar milhares de visualizações para suas mensagens, sejam pessoais, sejam no campo profissional. Não é bem assim, mostra a prática. Para fazer se dar bem, é necessário traçar uma estratégia e estudar muito também.

Pensando nisso, a Youtuber Gabriela Cecon, do canal XManteiga, listou sete dicas para quem deseja se arriscar nessa nova mídia.

1 – Entenda sobre o assunto

Ninguém se torna médico-cirurgião sem saber usar um bisturi. Com o YouTube é a mesma coisa. Pesquise sobre a plataforma e entenda como utilizar todas as funções disponíveis. Procure saber também sobre marketing digital. Atualmente é possível acessar inúmeros conteúdos sobre o assunto, desde e-books até videoaulas gratuitas. O próprio YouTube tem o canal Creator Academy [creatoracademy.youtube.com], que ajuda os iniciantes.

2 – Cenários Análogos

Cenários análogos são técnicas de inovação. Funciona assim: você define onde quer chegar e coleta informações de diversos negócios similares ao seu. Por exemplo, vamos supor que você deseja criar um canal de comédia. Será necessário pesquisar tudo sobre o gênero.

Procure buscar referências e estudá-las desde o início: como começaram, como escrevem seus roteiros, quais são suas referências e, principalmente, como ganham dinheiro. Para essa técnica funcionar melhor, saia da caixa. Pense em cenários análogos descontraídos, como por exemplo aquele jantar super divertido com amigos. O que você consegue abstrair dessa experiência? Esse é um excelente cenário análogo para quem quer divertir pessoas na internet.

3 – Modelo de negócios

Se você acha que o dinheiro virá apenas por meio dos anúncios da plataforma, sua visão está errada. Existem diversas maneiras de ganhar dinheiro. Por exemplo, com a ajuda de agências de comunicação e marketing que aliam sua imagem e credibilidade ao poder de influenciar pessoas e marcas.

A Faz Inova oferece um curso gratuito sobre uma técnica chamada business model canvas, feita para montar um modelo de negócios inovador e atual. A técnica já é utilizada por empresas que entendem e procuram se adequar a uma revolução tecnológica e social muito rápida. Uma empresa nova e moderna não terá êxito se ficar presa a modelos tradicionais de negócios.

4 – O feito é melhor que o perfeito

Muitas pessoas me perguntam se conseguiriam iniciar seus canais com câmera do celular e a minha resposta é sempre a mesma: depende da proposta e do conteúdo do canal. Sabemos que muitos youtubers bem-sucedidos iniciaram assim, mas posteriormente, para manter a audiência, foram quase obrigados a investir em equipamentos e infraestrutura. Mesmo assim, o início amador foi muito importante, pois se não começassem assim, não teriam o sucesso atual.

O mesmo se aplica à edição de conteúdo. É possível iniciar a edição com o editor Movie Maker, mas conforme o projeto for crescendo, será necessário utilizar editores mais profissionais. No XManteiga, utilizamos o Adobe Premiere Creative Cloud, que oferece um pacote mensal com 60% de desconto para estudantes. Comece, faça, erre, e erre rápido. Errar é fundamental para aprender e ter sucesso.

5 – Defina tema e público-alvo do canal

A lição de criar seu modelo de negócio e errar vai te ajudar muito a encontrar o nicho certo para investir. Como qualquer empresa, seu canal deve ter um seguimento e um público que seja sua audiência. Por exemplo, se você fez dez vídeos sobre bolo e um sobre massas artesanais, veja qual tema rendeu mais visualizações e invista nele. Nunca se apegue a uma ideia só, esteja aberto a outras possibilidades e teste todas. No início de todo projeto, divergências são comuns, mas depois de um tempo, convirja com base na experiência. Você verá que o resultado será mais rápido.

6 – Seu público é seu cliente

Tenha em mente que seu público é seu cliente, o coração do seu negócio. Saiba quem são, o que gostam, como se divertem. Dê atenção a eles e interaja, inclusive quando receber algum tipo de crítica.  Responda seus comentários, faça pesquisas de satisfação e debata suas propostas de valor. Tenha compromisso, poste vídeos com frequência e nunca prometa o que não puder cumprir.

7 – Divirta-se

Como diria Confúcio, “escolha um trabalho de que gostes, e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida”. Transmita paixão pelo que faz e você terá seguidores fiéis. O livro “A Startup Enxuta”, de por Eric Ries, vai transformar a sua vida e a forma de pensar, assim como mudou a minha e a de muitas pessoas que sonham ter seu próprio negócio.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *