No posto do AcessaSP de Ilha Solteira, uma das grandes demandas de serviço vem de pessoas em busca de emprego. São jovens e adultos que procuram uma vaga no mercado e precisam preparar ou atualizar seus currículos. Diante dessa necessidade, a projetista Ana Luiza Xavier Peral de Sousa pensou em como colocar a tecnologia disponível no posto a serviço da comunidade. Mais exatamente, ela se dedicou a desenvolver a qualificação dos candidatos para que, por meio do uso de ferramentas digitais, aumentem suas chances de conquistar um lugar ao sol.

Foi assim que Ana Luiza – de quem dizem que o sobrenome é “projeto”; e o apelido, “parceria” – chegou à segunda edição de seu projeto voltado a melhorar a empregabilidade dos usuários do AcessaSP. Empenhada em aliar a teoria à prática, ela vai ministrar o segundo curso em que os participantes aprendem a elaborar um currículo e a se preparar para enfrentar um processo seletivo de contratação.  “Sempre que faço um projeto, eu envolvo um parceiro. Desta vez, estou conversando com a Etec local”, conta ela.

Ana Luísa, monitora e projetista de Ilha Solteira

Previsto para acontecer ainda este ano, o curso, que terá o título “Faça a sua melhor selfie: seu currículo”, abrirá 15 vagas e terá um mês e meio de duração. Os participantes vão receber informações teóricas, ministradas por Ana Luiza, a respeito da elaboração de currículos. Depois disso, estudantes dos cursos técnicos de Administração e de Recursos Humanos da Etec de Ilha Solteira vão receber a turma do AcessaSP para uma vivência prática das etapas de seleção, incluindo entrevistas e dinâmicas de grupo.

Na edição anterior, realizada há alguns anos, a parceira do AcessaSP nessa iniciativa foi a Faculdade de Ilha Solteira (Uniesp). Adolescentes de dois projetos sociais locais fizeram o curso no posto em três módulos: conceito de CV, marketing pessoal e comportamento em entrevista. Depois da formação teórica, montaram seus currículos, que foram submetidos à avaliação dos universitários do curso de Administração da universidade. Ana Luiza conta que os jovens também passaram por entrevistas simuladas e assistiram duas dramatizações teatrais. “Uma foi para mostrar o que não se deve fazer em uma entrevista. E a outra, para que vissem as melhores posturas. Eles adoraram!”, lembra a projetista, esperando o mesmo excelente resultado para a nova edição. Que ela está  na torcida para que aconteça ainda este ano de 2016… antes que ela tire uma merecida licença para cuidar de seu bebê que vai chegar em janeiro.

Trilhas do Conhecimento 

Terminou o ensino médio e não sabe o que fazer? As Trilhas do Conhecimento  do AcessaSP trazem informações sobre testes vocacionais, inclusive online, com auxílio de psicólogos e profissionais especializados em emprego e carreira; dicas sobre profissões e o mercado de trabalho; recomendações para quem quer continuar os estudos e precisa trabalhar; além de relacionar cursos livres e técnicos, todos gratuitos.

Clique aqui e conheça.

Compartilhe!

6 comentários para Currículo se aprende fazendo

  1. Ana Paula Pereira disse:

    Olà Maria Luiza!

    Gostaria de receber, via e-mail, informações sobre elaboração de um currículo.
    Posso enviar o esqueleto do meu para o seu e-mail?
    Se puder me fornecer…

    Grata!

    Ana Paula

  2. Evanilson Souza disse:

    Eu também desejo receber, via e-mail, informações de como elaborar um currículo dentro dos padrões exigidos, que agrada o entrevistador, e ainda, dicas de como se comportar em uma entrevista: Respostas a perguntas como pretenção salarial, como pode contribuir com a empresa, o que te chamou atenção nessa vaga, e outras perguntas. Grato pela atenção!

  3. Poderia receber o esqueleto do curriculo em meu mail.Grata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *