A prefeita de Lourdes, Gisele Tonchis, esteve à frente do AcessaSP entre 2008 e 2013 e se destaca entre os monitores mais atuantes do programa: nos cinco anos como gestora do Acessa de Lourdes desenvolveu 15 projetos, levando para o posto crianças, jovens e a terceira idade. Davi Pires Batista, que assumiu a prefeitura de Pratânia, teve uma passagem curta pelo programa – apenas três meses – mas assegura que foi tempo suficiente para saber que o papel do monitor é importante. “Já designei uma pessoa da administração municipal para ficar à frente do programa e elaborar projetos para ajudar os adolescentes na busca pelo conhecimento”, afirma Davi.

Davi promete incrementar o posto do AcessaSP de Pratânia e incentivar a monitora Eliane Leite a fazer parcerias, usar a internet para promover ações sociais e abrir as portas do AcessaSP para a comunidade no entorno (o posto funciona junto a uma escola em um núcleo habitacional da Cohab). “As crianças e adolescentes do bairro são os que mais frequentam o posto, pois não têm computador em casa e nem celular com internet”, conta Eliane. “A inclusão digital é um meio para a evolução das pessoas e pode ser também um mecanismo de trabalho”, completa o prefeito.

As parcerias defendidas por Davi Pires Batista para que o posto do AcessaSP se torne um espaço de serviços para a comunidade já foram colocadas em prática pela então monitora do Acessa de Lourdes. O primeiro projeto de Gisele Tonchis resultou de uma parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. Ela percebeu que a fila no posto de saúde aumentava e procurou o Programa de Saúde Mental da UBS da Família para saber quais as principais demandas daquelas pessoas. Descobriu que elas iam ao posto buscar remédios para dores, ansiedade e depressão. Daí surgiu o projeto “A inclusão digital como terapia alternativa na estratégia da Saúde da Família”. Duas vezes por semana os participantes faziam exercícios de alongamento na academia municipal e depois frequentavam o Acessa, onde a monitora ensinava a usar o computador e a fazer pesquisas.

O projeto iniciado em 2009 se estendeu até novembro de 2010, com acompanhamento dos profissionais da saúde. Gisele lembra que uma das ações do projeto foi uma pesquisa de terapia ocupacional realizada na escola com as crianças que sofriam de depressão, ansiedade e obesidade. Segundo Gisele, a maior satisfação do projeto veio com os depoimentos ao final, como o da dona de casa Regina Carvalho de Souza que descobriu, nas pesquisas na internet, receitas para bolos e doces diet para o filho diabético, então com oito anos de idade. Além de cuidar melhor da dieta do filho, a própria Regina relatou que emagreceu 5 kg. Ou de Roseli de Souza Ferreira e Silva que, após aprender a usar o computador, passou a pesquisar sobre seu trabalho na extração de leite de seringueira e conseguiu, com as novas técnicas, eliminar as dores nas costas.

O sucesso do primeiro projeto incentivou a monitora a desenvolver outras ações para diferentes públicos e sobre os mais variados temas: inclusão digital para a terceira idade; prevenção e educação em saúde e mobilização social para as zoonozes, com alertas sobre doenças transmitidas por vetores e vacinação; inclusão para servidores públicos; inclusão e acessibilidade; projeto para os artesãos de Lourdes; além do projeto inclusão digital e meio ambiente. Este projeto foi desenvolvido em parceria com as escolas. Com a colaboração da professora de biologia, Gisele orientou os estudantes a pesquisarem sobre a mata nativa e reciclagem de lixo eletrônico.

“Neste projeto tive o apoio também dos profissionais de saúde e aproveitamos para mostrar a correlação do lixo com a dengue”, conta Gisele. “Tudo isso foi possível porque o AcessaSP fez parcerias e tive o apoio do prefeito daquela época”, acrescenta Gisele. Além de parcerias, Gisele destaca como peça importante a escolha de um monitor com perfil para aquela função. E promete que, em Lourdes, dará condições e apoio para o monitor do AcessaSP desenvolver projetos e inovar no posto.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *