Mesmo com a expansão da internet e do uso de smartphones no País, a exclusão digital ainda é alta e afeta idosos e pessoas com baixa escolaridade e renda – o  último levantamento da TIC Domicílios, nacional e com dados de 2016, mostra que persistem os padrões de desigualdade revelados pela série histórica da pesquisa: apenas 23% dos domicílios das classes D/E estão conectados à Internet, enquanto em áreas rurais esta proporção é de 26%. O acesso à internet está mais presente em domicílios de áreas urbanas (59%), e nas classes A (98%) e B (91%).

A monitora Cristina Iannelli Torres com alguns de seus alunos do curso de internet para maiores de 65 anos

Uma parcela corajosa desse público, que quer superar esta difícil barreira, tem buscado espaços como os postos do AcessaSP para aprender a usar o computador e as redes sociais. É o caso, por exemplo, do AcessaSP CIC Norte, no Jaçanã (Capital). Para atender a essa demanda, a monitora Cristina Iannelli Torres realizou o curso Internet Melhor Idade para maiores de 65 anos. “Aqui na região há uma grande procura por esse curso e também pelo básico em informática, em função do grande número de desempregados”, informa Cristina.

Com carga horária de 60 horas, o curso para idosos começou com dez alunos e terminou com sete “alunos maravilhosos, assíduos e dedicados”, conforme destaca a professora. De abril a novembro, foram frequentadores assíduos do posto: Ubalda Sanches Ferreira, 87 anos; Yone Reis Santos dos Reis, 78 anos; Maria de Lourdes Sanches, 78 anos; Thereza Barcellos Mendes, 77 anos; Clarice da Silva Oliveira, 73 anos; Ivonice Santana Silva, 71 anos e Altino José de Oliveira Filho, 67 anos.

Nas aulas, duas vezes por semana, a monitora passou conceitos e história da informática; noções de equipamentos; apresentação de sistemas operacionais; tipos de arquivos,  pastas e programas; informações sobre área de trabalho, ícones e lixeira, com exercícios de fixação; uso do mouse; manipulação de arquivo; além de introdução à internet; tipos de sites; e-mail (o que é e como funciona); e redes sociais, com destaque para o Facebook.

O Acessa CIC Norte funciona em parceria com a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, que mantém os Centros de Integração da Cidadania. Nesses espaços, a população tem acesso a serviços públicos gratuitos e pode participar ativamente de ações para o desenvolvimento local. No AcessaSP, instalado no CIC Norte, podem usar computadores, acessar a Internet e imprimir documentos, como atestados de antecedência, ou currículos. Todos os serviços são grátis.

Veja algumas opiniões dos alunos no vídeo enviado pela monitora Cristina Iannelli Torres.

6 comentários para Idosos procuram postos do AcessaSP para aprender a usar a internet

  1. arthur sequeira de melo disse:

    otimo !!!

  2. muito bom para nao depender dos filhos

  3. Tadeu dos Santos disse:

    Resido na Zona Leste. Gostaria de saber onde tem posto do Acessa São Paulo na Cidade Tiradentes e adjacências?

  4. vicente santino da silva disse:

    quero aprender internet para não ficar dependendo dos outros, isso é muito ruim
    e essa iniciativa do governo é muito boa

  5. ALVARO PEREZ JUNIOR disse:

    Parabéns a todos os envolvidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *