Um dos postos do programa de inclusão digital do Estado de São Paulo mais procurados – realizou, em 2017, um total de 111,6 mil atendimentos – o AcessaSP do Parque da Juventude está passando por uma reforma para receber um projeto piloto de coworking, que será instalado em parceria com a Etec, do Centro Paula Souza. O espaço para o público usar computadores e internet (foto ao lado) já foi reformado e funciona das 8h às 17h, de segunda à sexta-feira.

 

O AcessaSP do Parque da Juventude completou em março 11 anos de funcionamento. Está instalado em um prédio da Etec e vai sediar o primeiro coworking do Estado de São Paulo. O projeto, chamado Acessa Campus, selecionou 60 equipes de microempreendedores para trabalhar no espaço para trabalho compartilhado.

Categorias: Notícias

1 comentário

Fernando Gonçalves · 12/04/2018 às 15:09

O Programa Acessa SP desde 2000.
São 18 anos de ativismo propositivo em inclusão social com uso massivo dos computadores comunicantes agregados no conceito de Telecentros com um aceno para a Filosofia GNU – liberdade de uso das tecnologias digitais.

Nesse tempo o ACESSA Parque da Juventude faz-se referência para o apoderamento das Tecnologias Digitais num ‘aprender fazendo’ muito interessantes e de resultados significativos.

Certamente, o ACESSA SP é programa de Estado a ser melhorado continuamente pelos sucessivos governos.

É isso !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *