espaço
acessa sp espaço
Cadernos Eletrônicos
BLOG DO ACESSA SP espaço::espaço EU ME LEMBRO espaço::espaço NAVEGAÇÃO SEGURA espaço::espaço CONTATO
espaço

Glossário

AJAX: (Asynchronous Javascript And XML) é o uso sistemático de Javascript, XML (e derivados) para tornar o navegador mais interativo com o usuário, utilizando-se de solicitações assíncronas de informações.

Aplicativos: programas de computador; softwares.

Atom: ao contrário do RSS, Atom não é uma sigla, mas também é um formato para divulgação de notícias. Há quem diga que esse projeto é, inicialmente, uma proposta de unificação do RSS 1.0 e do RSS 2.0. O Atom também é baseado em XML, mas seu desenvolvimento é tido como mais sofisticado.

Blog: um blog é um registro publicado na internet relativo a algum assunto organizado cronologicamente (como um histórico ou diário).

Bookmark: sinônimo de marcador de página. No mundo analógico, é aquela tira de cartolina que enfiamos no meio do livro para saber em que página paramos a leitura. No mundo virtual, é a coleção de sites preferidos pelo usuário (também chamados de favoritos). É um recurso muito utilizado nos navegadores de internet, facilitando o retorno a um site através do cache armazenado em disco.

Browser: navegador, programa para abrir e exibir as páginas da web como o Explorer, da Microsoft, o Navigator, da Netscape etc.

Bug: qualquer defeito encontrado em um programa de computador. A palavra é um anglicismo, e traduz literalmente como inseto.

Bug-report: ato de reportar um Bug à empresa que o fabricou.

E-mail ou Eletronic-mail: correio eletrônico.

Feed: o termo vem do verbo em inglês “alimentar”. Na internet, os “RSS feeds” são listas de atualização de conteúdo de um determinado site, ou seja, páginas XML que contêm uma lista de links para outras páginas. Programas especiais podem ler feeds para criar uma lista de cabeçalhos a partir dos links, atualizando a lista automaticamente quando ela é modificada. Sites de notícias utilizam feeds para publicar rapidamente as últimas manchetes, e blogs muitas vezes utilizam feeds para notificar rapidamente os visitantes sobre as últimas postagens.

HD: (Hard Disc ou Disco Rígido no Português) é a parte do computador onde são armazenadas as informações, ou seja, é a “memória que não apaga” propriamente dita (não confundir com “Memória RAM”).

HTML: abreviação para Hyper-Text Markup Language, que quer dizer: “Linguagem de Marcação para Hiper-Texto”.

Internet: rede mundial de computadores. Trata-se de uma rede planetária de computadores que cooperam entre si. Essa cooperação baseia-se em protocolos de comunicação, ou seja, “convenções de códigos de conversação” entre computadores interligados em rede.

Linguagem de Marcação: em informática, uma “linguagem de marcação” é um conjunto de códigos aplicados a um texto ou a dados, com o fim de adicionar informações particulares sobre esse texto ou dado, ou sobre trechos específicos.

Link: ligação, elo, vínculo. Nas páginas da web é um endereço que aparece sublinhado, ou em uma cor diferente da cor do restante do texto. Um link nada mais é que uma referência cruzada, um apontador de um lugar para outro na web. Assim, eles permitem um vínculo com uma imagem, um arquivo da mesma página ou de outras da web, a partir de um clique do mouse.

Login: reconhecimento. Esse termo é usado para identificar o seu nome ou nick no endereço de e-mail e ao mesmo tempo é a operação pela qual o usuário é identificado pelo site, ou seja, é reconhecido.

Marketing: neologismo norte-americano usado internacionalmente, para designar a moderna técnica de comercialização. Complexo de estudos, técnicas e atividades com o objetivo de promover, divulgar e sustentar um produto ou serviço no mercado de consumo, e/ou assegurar o sucesso comercial de um empreendimento.

Navegador: browser, programa para abrir e exibir as páginas da web como o Explorer, da Microsoft, o Navigator, da Netscape etc.

Nicho: O papel desempenhado por uma espécie particular no seu ecossistema. Em comércio, usa-se a palavra com a significação de niche, termo de origem inglesa que exprime 'boa colocação'.

Off-line: desconectado da rede.

On-line: ligado, conectado à rede.

Plug-in: Programas acessórios aos browsers que desempenham de uma tarefa específica (som, video, etc).

Podcast: são arquivos de áudio que podem ser acessados pela Internet. Estes áudios podem ser atualizados automaticamente mediante uma espécie de assinatura RSS e podem ser ouvidos diretamente no navegador ou baixados no computador.

Posto do AcessaSP: ponto de acesso público à internet construído pelo Governo do Estado de São Paulo em parceria com entidades comunitárias, na capital, e com prefeituras do interior e litoral. É destinado à população de classes D e E, para que utilizem os recursos da internet, e para promover, assim, a inclusão digital e a democratização da informação. Acesse (www.acessasp.sp.gov.br).

RSS: (RDF Site Summary), padrão definido pela W3C para agregamento de conteúdo. Serve como índice de alterações que ocorram em determinado site, este sistema também é conhecido como feeds.

Servidor: computador que está do outro lado da conexão. No caso de uma conexão web, por exemplo, o servidor remoto é um servidor web da empresa.

Site: palavra inglesa que significa lugar. O site é o lugar onde as páginas da web podem ser encontradas. Em português, pode-se usar “Sítio”. (Consulte o verbete website.)

Tag: São estruturas de linguagem de marcação que consistem em breves instruções, tendo uma marca de início e outra de fim. Há uma tendência nos dias atuais para se usar as tags apenas como delimitadores de estilo e/ou conteúdo, tanto em HTML quanto em XML.

URL: Universal Resource Locator (URL) é o endereço de um recurso ou ficheiro disponível na Internet, ou seja, o código para localização universal que permite identificar e acessar um serviço na web.

W3C: (World Wide Web Consortium) é a organização oficial para os padrões web, especialmente HTTP, HTML e XML. Foi criado em 1994 para levar a web para o seu potencial máximo, através do desenvolvimento de protocolos comuns e fóruns abertos que promovem sua evolução e asseguram a sua interoperabilidade.

Webtop: também conhecido em Português como desktop on-line, é uma página personalizada, geralmente baseada na tecnologia Ajax, em que é possível escolher o conteúdo, bem como definir a ordem e a aparência dos mesmos.

Webmail: correspondências eletrônicas na rede. As mensagens podem ser lidas numa tela do browser, sem a necessidade de um programa específico.

Website: web significa rede e, site, em inglês, quer dizer lugar. Ter um website significa ter um endereço com conteúdo na rede que pode ser acessado por visitantes.

XML: (eXtensible Markup Language) é uma recomendação da W3C - World Wide Web Consortium - para gerar linguagens de marcação para necessidades especiais.

 

próximo >>

 

Download Caderno 10
Download Reader
Os Cadernos Eletrônicos estão em formato PDF. Para visualizá-los, é necessário instalar o programa Adobe Acrobat Reader. Você pode fazer o download gratuitamente clicando neste link.
Download Reader

Download todos os cadernos
Link direto para as versões completas dos Cadernos em PDF.
Opiniões e Sugestões
Preencha o nosso formulário e contribua para as melhorias e atualizações do conteúdo.
espaçoespaço