2

Trabalhe e estude

Aqui você encontra opções para prosseguir estudando mesmo se já tiver entrado no mercado de trabalho.

Trabalhe e estude



Quer continuar os estudos e precisa trabalhar?

Não passar no vestibular não é o fim do mundo. Você pode fazer um cursinho, um curso técnico ou um curso livre. O importante é se preparar para os diferentes momentos da vida e estar pronto para quando surgir uma oportunidade para iniciar a carreira profissional.
Existem muitos cursos online e, pela Internet, alunos e professores podem estar em qualquer lugar: basta ter um computador e conexão. E nem precisa ser ao mesmo tempo – normalmente, esses cursos permitem que tudo seja feito a qualquer hora.

Veja o vídeo com dicas para estudar a distância.






O que será abordado?

  1. Cursos Livres
  2. Cursos técnicos profissionalizantes

1 – Cursos Livres

Os chamados cursos livres, de educação à distância são cursos que não precisam da certificação do Ministério da Educação e não dão diploma. O cardápio de cursos livres vai de pesca a técnicas de odontologia. As aulas servem para quem está começando a carreira, para quem quer treinar ou aperfeiçoar uma técnica, se atualizar, ou simplesmente aprender. Portanto é uma ótima oportunidade para quem precisa trabalhar e continuar seus estudos.

Cursos livres são mais procurados do que os autorizados pelo MEC

A educação à distância está em alta no Brasil e uma pesquisa recente mostra que a procura por cursos livres cresce mais do que por cursos formais.


Serviços
  • Coursera: é uma plataforma educacional que faz parcerias com principais universidades e organizações de todo o mundo para oferecer cursos online gratuitos. Há cursos em português, mas se você souber inglês pode explorar todo o acervo da plataforma. Clique aqui.
  • e-Aulas USP: serviço mantido pela Universidade de São Paulo para acesso a vídeo-aulas de diversas disciplinas da USP. Ele também é gratuito e aberto ao público. Clique aqui.
  • Veduca: é uma empresa brasileira de tecnologia em educação que mantém parcerias com instituições de ensino e organizações para desenvolver e disponibilizar cursos online. Na plataforma do Veduca, estudantes e profissionais têm acesso gratuito a vídeo-aulas. Na modalidade premium (paga), também têm acesso a tutoria personalizada, conteúdos exclusivos e certificação. Clique aqui.
  • Unibes: é uma ONG de São Paulo que, por meio de doações, parcerias e contribuições, realiza diversos programas sociais e comunitários, atuando nas áreas de promoção humana, apoio à saúde, educação e cultura. Oferece cursos de capacitação e profissionalização para jovens entre 16 e 19 anos.
    Clique aqui.
  • Gastromotiva: a ONG oferece o Curso de Capacitação para jovens de 18 a 35 anos, cuja renda familiar é de até três salários mínimos, e que são apaixonados por cozinha. O curso engloba o ensino prático e teórico da gastronomia, aborda as habilidades básicas, confeitaria, panificação e ecogastronomia, além de aulas de cidadania, higiene e segurança alimentar.
    Clique aqui.
  • Capacitação em TI: o Instituto da Oportunidade Social é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) mantida por empresas privadas. Capacita jovens da rede pública de ensino e pessoas com deficiência em regras de negócios e Tecnologia da Informação. Clique aqui.
  • Instituto Ser +: é uma organização sem fins lucrativos que promove diferentes cursos profissionalizantes em São Paulo para jovens em vulnerabilidade social com idade entre 15 e 24 anos.Clique aqui.
  • Cepro: o Centro Profissionalizante Rio Branco oferece capacitação profissional para jovens da rede pública de Ensino Fundamental e Médio, gratuitamente. Clique aqui.

2 – Cursos técnicos e profissionalizantes

São cursos de nível médio que tem o objetivo de capacitar o aluno com conhecimentos teóricos e práticos em diversas atividades do setor produtivo. Um de seus propósitos é o acesso imediato ao mercado de trabalho, além da perspectiva de requalificação ou mesmo reinserção no mercado.

Jovens com curso técnico têm mais chances de conquista do emprego

O curso técnico é aberto a candidatos que tenham concluído o ensino fundamental. Ele pode ser cursado junto com o ensino médio ou após ele. Para a obtenção do diploma de técnico é necessária a conclusão do ensino médio.


Serviços
  • Via Rápida: é um programa do Governo do Estado de São Paulo que oferece cursos básicos de qualificação profissional focado nas demandas regionais. O objetivo é capacitar gratuitamente pessoas que estão em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho ou que desejam ter seu próprio negócio. Podem participar do programa: maiores de 16 anos, alfabetizadas e que residam no Estado de São Paulo. Clique aqui.
  • PEQ: o Programa Estadual de Qualificação Profissional tem como objetivo qualificar o aluno para aumentar suas chances de inserção no mercado de trabalho. É voltado, prioritariamente, para quem está desempregado, tem entre 30 e 59 anos e não concluiu o ensino fundamental. Clique aqui.
  • Pronatec: oferece cursos gratuitos nas escolas públicas federais, estaduais e municipais, nas unidades de ensino do SENAI, do SENAC, do SENAR e do SENAT, em instituições privadas de ensino superior e de educação profissional técnica de nível médio. Clique aqui.
  • Nosso Lar: oferece cursos profissionalizantes gratuitos para jovens, visando o seu desenvolvimento integral e a formação de uma visão abrangente e crítica da realidade. Os cursos são gratuitos e mantidos por parceiros (órgãos públicos, privados e comunidade). Clique aqui.